31 maio 2007

Sem PC e sem trotinete

O meu portátil foi desterrado para Viseu. Entreguei-o há duas semanas para ir para o apoio técnico da marca. Ainda não tenho computador de substituição. Também não tenho o disco onde foram guardados os dados do meu PC.
Vou trabalhando o possível, no PC que estiver disponível. Num dos dias desta semana, li em horário de expediente, por falta de meios para trabalhar. Todos os dias, escrevo e-mails a pedir desculpas às pessoas que dependem do meu trabalho para realizar o seu. Algumas delas não acreditam que eu ainda esteja a olhar para o ar, outras fazem piadas com esta situação. Uma delas, a quem disse que, nesta altura era capaz de trabalhar numa trotinete, mandou-me um e-mail muito engraçado, fazendo votos que a situação actual não se prolongasse. A mensagem continha ainda a imagem que se segue e oferecia os préstimos da autora para trocar este modelito por outro, caso eu não gostasse da cor. Valha-nos o sentido de humor!

3 comentários:

Jay disse...

Olha, tive uma idéia. Na série Heroes tem uma gaja que consegue se conectar a internet só com o pensamento. Ela escreve e-mails, entra no messenger...Talvez se tu te esforçares, quem sabes não consegues também? Imagina só que máximo, as pessoas recebendo e-mails teus e tu sentada na tua secretária, ou no teu trotinete, com aquela cara de quem nem sabe o que está acontecendo...

LadyBOO disse...

cá por mim uma Vespa combinava mais com o teu ar cosmopolita!

mas vá, uma trotineta também tem a sua piada!

tiagugrilu disse...

Eu acho mesmo piada é a trotineta. Só de te imaginar rumo à Faculdade de "troti" (como diz um miudo amigo da lily) de cabelo ao vento, quase me mico a rir.

Se quiseres seguir o conselho da ladyboo, já sabes que te posso dar umas aulas ilegais de vespizzare por aí! ciao!