14 abril 2008

Os últimos cartuchos do PREC

Discute-se o aumento das propinas cá do burgo. É uma animação! Como não podia deixar de ser, temos uma manif à porta. Aliás, a manif é dentro e fora das instalações. Dentro é um comício, com um dos de sempre a discursar com emoção. Lá fora, tocam tambores, urram cornetas e grita-se o estribilho «Aumento vergonhoso, Directivo é mentiroso!».
Deixo de parte a discussão sobre o aumento propriamente dito, porque não acho que caiba no meu blog. Confesso que não gosto especialmente desta agitação, apesar de entender que as pessoas devem lutar pelo que acreditam... mas lutar tem alguns limites, que nem sempre são respeitados - uma coisa é fazer barulho, outra é insultar e impedir que as pessoas possam fazer o que têm de fazer.
Em anos anteriores, os estudantes conseguiram passar as barreiras do aceitável; noutros, os manifestantes não chegavam às duas dezenas, mas tinham um megafone e um cão :)
Estava algo ansiosa com o dia de hoje. Tendo em conta experiências anteriores, o texto do volante que me deram à porta com os argumentos dos estudantes, o ajuntamento aqui à porta, o facto de decorrer a campanha para a Associação de Estudantes... não me apetecia nada estar cá!
E foi então que alguém me disse, com grande piada, que dada a tradição revolucionária desta casa, hoje seriam queimados os últimos cartuchos do PREC. Se pensar nisto como um momento histórico, pode ser que a coisa se passe com outro ritmo!

(tutu ruru tutu, tutu turu tuturu tururu tutu turu... )

3 comentários:

bolota disse...

adeus monotonia...

a gaija trendy disse...

Ao som dos tambores! Foi mesmo como passei ontem a tarde e hoje parte da manhã. Enfim, dada a minha distracção eu ontem pensei que o PREC eram os alunos de teatro a fazer mais uma peça interactiva!

tatoia disse...

que post tão agitado! e com sons e tudo! :P

espero que tenha sido produtivo, esse dia ;)