09 janeiro 2008

mais um rebranding que me deixa doida

Europe’s West Coast: este é o rebranding de Portugal. Saiu no dia 13 de Dezembro, para bater certo com a assinatura do Tratado de Lisboa e associa o país ao Oeste da Europa (Europe’s West Coast) e a conceitos de modernidade, inovação, tecnologia, empreendorismo e qualidade de vida, promovendo Portugal como um todo, desde o turismo, economia, comércio e cultura, e qualificando a oferta dos recursos, pessoas e produtos nacionais. Estou a citar o site do Turismo de Portugal, I.P., que, juntamente com o AICEP, Portugal Global, é responsável pela campanha. Objectivo da dita: reposicionar o conceito de Portugal, demarcando os portugueses da imagem das «porteiras, empregados de mesa e bimbos» e associando-os a casos de reconhecido (e internacional) sucesso e à modernidade das energias renováveis.
O conceito é no mínimo discutível: não é por nada, mas não me sinto particularmente identificada com as «personalidades» escolhidas, mesmo admirando o trabalho de algumas delas. Associar pessoas e energias é um bocadinho estranho, porque estas pessoas em particular não têm nada que ver com o sector energético, e se a ideia é atrair o investimento e o turismo, não me parece que seja o Cristiano Ronaldo a atrair turistas :)
Quanto às imagens, o melhor é que as vejam e decidam. West Coast, por associação à Costa Oeste norte-americana... Portugal, Califórnia da Europa, iuhú! Beaches and babes, com Silicon Valley à mistura, para dar um quê de tecnologia e a Europa enfiada de soslaio, para dar o perfume da tradição, antiguidade e finesse :) Será de mim, ou isto soa a fraquinho?

6 comentários:

Pedro disse...

Nao acho que seja ma' ideia para dinamizar algo que sempre houve de bom em Portugal - o Turismo.

Acredito que nao te sintas identificada com as personalidades escolhidas mas tambem acho que nao es o "alvo-tipo" desta campanha (pista: em que lingua esta' o titulo da campanha? "West Coast" e nao "Costa Oeste" ;-) ).

Sol, Mourinho, Boa Comida, Ronaldo, Ferias, Mariza... porque nao lembrar a quem esta' la' fora as coisas boas que Portugal tem?

No entanto concordo perfeitamente com a tua ultima nota. Beaches 'ta bem mas babes? Em Portugal? Nas praias portuguesas? Hah! Boa piada!

Borboleta disse...

Caro Pedro, creio que não é dos meus olhos: a campanha é bilíngue! e tem graça, porque tu reparaste de imediato nas três pessoas mais conhecidas, quer em Portugal, que fora dele - as duas pessoas ligadas ao futebol e a fadista. se houvesse uma imagem da Senhora de Fátima, aposto que a terias mencionado também. portanto, não se foge assim tanto do paradigma do costume, dá-se-lhe só umas pinceladelas :)

a esta campanha faltam, de facto, algumas imagens de comida. nisso concordo contigo - nada como um belo prato de rojões para atrair o IDE e alterar a balança comercial. disto é que os senhores da publicidade não se lembraram, e é pena!

quanto às babes... não sei bem por onde andavas tu, quando habitavas o "reino", mas o que não falta ao país são mulheres bonitas e interessantes. às vezes o que falta são homens com um par de olhos na cara e dois dedos de testa :D

Alex Snark disse...

Apoiado... o que mias me interessou nesta conversa...
:P Sorry...

O que não falata para aí é babes muito simpáticas! Gráças a deus que sou um homen com um par de olhos na cara e dois dedos de testa :D

tiagugrilu disse...

Eu já nem vou à praia para me manter casto. É assim que estão as praias portuguesas! Quanto à publicidade, apoio, acho que estão bem escolhidos os protagonistas (embora falte lá o Cláudio Ramos), só discordo da escolha do fotógrafo:

Bem podiam ter-me dado os 300 mil euros a mim, que eu pegava na minha polaroid e tirava umas fotos à maneira.

Pedro disse...

Bah, quase 30 anos em praias portuguesas e nunca me lembro de ver nada que me arregalasse os olhos tipo praias da California.

Se me disserem que a praia de Troia ou Cascais se transformou na nova BayWatch - vou ja' passar ferias a Portugal!

(Senao vou a Espanha mesmo)

Mas sim, e' verdade, eu peguei nas 3 personalidades mais conhecidas. Fatima, Futebol e Fado, nao era o que dizia o outro ha dezenas de anos atras?

jac disse...

E, claro está, qualquer semelhança com a campanha da Nokia é pura coincidência O:-)