11 junho 2008

Vambora?

Saber lidar com as nossas expectativas e com as expectativas alheias é muito difícil. Custa um bocado perceber que esperem de nós coisas que não conseguimos fazer, por não termos capacidade de operar milagres. Custa muito perceber que determinado sonho, acalentado com tanto zelo não se realizará, por muito improvável que ele fosse à partida. E nem sonhar é assim tão fácil porque implica, em certa medida, capacidade de acreditar em projecções.

Pedir é fácil. Esperar que outras pessoas façam aquilo que não sabemos ou não podemos fazer, também. Difícil é construir, saber mudar, não esperar milagres e fazer projecções realistas. Afinal de contas, não há magias nem fadas com varinhas de condão que nos valham naquela que é a tarefa mais complicada: ser adulto e consequente!

________

Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
P'ra mudar a minha vida
Vem vambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva

Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz

________

Adriana Calcanhotto - Vambora

3 comentários:

bolota disse...

Acredito que sonhar é algo muito bom.

Significa que ainda
não se baixou os braços,
que é permitido arriscar,
que não se esqueceu quem é.

Calíope disse...

Esta música marca um período tãããõooo radiante da minha vida :)

Eu costumo dizer que a diferença entre o possível e o impossível reside na força de vontade de cada um... a frase n é minha, mas acho q faz todo o sentido.

ceci disse...

E hoje,especialmente hoje,fez todo o sentido ler-te.
Bom fim-de-semana e obrigada!! :)