22 fevereiro 2007

Transportes públicos I

Julgava eu que andava o suficiente de transportes públicos para já não me incomodar com muita coisa :) Se calhar, estava enganada... Nos últimos tempos mudei os meus percursos, aumentei o número e a duração das viagens e acrescentei novos meios de transporte ao meu leque habitual. Agora ando nos autocarros regulares entre o sítio onde moro e a estação mais próxima, ando de comboio e ontem (pasmem!) andei na Carris.
Costumava considerar exageradas certas afirmações sobre a fauna que povoa os transportes públicos, mas os últimos dias têm sido uma revelação. As minhas viagens quase dão um estudo sociológico! Alguns padrões de comportamento:
  1. O empurranço: gente que empurra os outros para entrar, com medo de não ter lugar sentado;
  2. A fantasia: gente sentada nos lugares reservados a idosos, grávidas e acompanhantes de crianças de colo como se pertencesse a um destes grupos;
  3. O assobiar para o ar: gente que faz de conta que não vê uma senhora, com uma criança ao colo, em pé;
  4. A peixeirada: gente que grita, tentando manter uma conversa com uma pessoa sentada três ou quatro filas atrás;
  5. Os pretensos-gordos: gente que tenta ocupar dois bancos ao sentar, ignorando que está uma pessoa ao lado;
  6. Feios, porcos e maus: gente feia, mal arranjada, de cheiros duvidosos (sim, porque eu também não sou só bons sentimentos!)
  7. A esquisitinha: esta sou eu! detesto contactos físicos com as pessoas dos dois números acima. YUCK!

4 comentários:

LadyBOO disse...

ahahaha!

bem vinda ao clube!

acho que nunca mais me vais olhar de lado quando disser que as pessoas que andam em transportes públicos são FEIAS e na generalidade CHEIRAM MAL! (leia-se que eu sou uma assidua de TP)

Elistista eu? Não, mas um banhinho todos os dias e um bocadinho de amor próprio nunca fez mal a ninguem. E sim, isso de ser só sentimentos bons... já era!

Gimli disse...

eu ando de transportes publicos há anos...carissima, welcome to the real world! em todo o caso, basta vestir de preto e usar umas caveiras nas t-shirts...e arranja-se logo distancia :) possivelmente ficam a pensar mal de nós, mas na realidade, who cares? ;)

Calíope disse...

Transportes públicos forever! Mesmo se os nossos colegas de transporte têm essas particularidades todas. Eu acrescento mais uma alínea que é o meu pão nosso de muitos dias: partilhar a mesma carruagem de metro com uma turma de teenagers...

sdsdfdfdsfs disse...

Não existe cheiro mais inebriante do que a fragrância refrescante do autocarro pela manhã. E sentarmo-nos num lugar vazio e esperar que uma senhora de 60 anos com um saco de plástico do carrefour a cheirar a bacalhau é o melhor método de sedução. Foram incontáveis as vezes em que saciei a líbido com a abordagem "posso cheirar o seu bacalhau?". E, com sorte e alguma ternura, não só satisfiz os instintos carnais, mas também o estômago, quando as gentis senhoras recompensaram os momentos de prazer com um bacalhau à Zé do Pipo. Portanto não recomendo as t-shirts pretas com caveiras estampadas, antes uma elegante t-shirt branca de alças que exponha o esplendor dos pêlos do peito.